sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Então é natal.


É povão, 25 de dezembro. Festão na laje, com direito a churrasco de frango e piscina de 1.000 litros pra alegria da galera.
Mas como eu gosto de complicar tudo, vou deixar aqui, expresso o meu sentimento de natal.
A muito tempo atrás, as pessoas sabiam qual o verdadeiro significado do natal, que para mim não interessa muito, porém não é nesse fato onde quero me apoiar. Quero deixar bem claro que, adoro o natal pelo fato de reunir a familia toda, fazer festa e está perto de quem se ama. Trocamos presentes simbólicos no amigo secreto (que nunca é secreto) e comemos a noite toda.
Não acredito em papai noel e me recuso a ensinar a minhas irmãs, filhos futuros e a qualquer criança que atravessar em minha frente, que papai noel existe e que irá trazer presentes durante a virada da noite.
Criação do capitalismo e pura alienação! Enquanto todo mundo compra presentes, pagam caro para as crianças sentarem no colo do funcionário pervertido vestido de vermelho, existem muitas pessoas que não sabem o que é uma mesa de jantar recheada de comida, não possuem o que vestir e acham que o bom velhinho irá melhorar a vida deles.
Safadeza da economia que deve continua girando e faz questão de fazermos gastar, gastar e esquecer que o importante é estar do lado de quem se ama.
Não adianta todos ficarem boazinhos, abraçarem, cumprimentarem, só porque é natal. Se hipocrisia matasse, todos os brasileiros e boa parte dos habitantes do mundo estariam mortos.
Digo não! Ao presente sem significado. Ao desperdício e a falta de consideração com a vida humana.
Natal pra quê?!
Prefiro o Ano novo!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

O melhor!


Depois de 6 anos da minha vida, querendo, tentando de qualquer jeito ir em um show da Pitty, consegui realizar o meu desejo. Dia 20 de dezembro, o dia que ficará guardado em minha memória.
Passando por uma incansável multidão de fãs, crianças do Cine "eca". Depois de empurrar muito, de esbarrar, de caçar confusão com uma guria ignorante com cara de coco e por ultimo, consegui tirar um boneco de olinda "modo de falar claro" da nossa frente, ficamos a um passo do alambrado. Mesmo encochando uma estranha, que depois virou conhecida, hahahahaha, foi o melhor show da minha vida. Sem comparações, eu esperava bem menos e o que encontrei, foram profissionais com um carinho gigante com seus fãs. Em nenhum momento, a Pitty desafinou, ou esqueceu a musica, coisas que decepcionam qualquer fã. Simplesmente perfeita. Musicas antigas, outras recentes do Chiaroscuro, enfim, melhor acho que só entrando no camarim e pulado no pescoço do povo \o/, como isso não foi possivel, eu me contento com o minimo espaço que me sobrou rente uma garota e um mundareu de gente.


Quem tiver a oportunidade de ir ao Show da banda, eu indico, aprovo e assino em baixo.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Realmente, algo mudou.

Altura, cabelos, estilo, forma de pensar...
A mudança passou por mim se for analisar o andar dos anos. Não foi apenas a aparência, isso é o de menos. A maior transformação foi em minha personalidade.
É difícil falar isso, mas posso garantir que aprendi com o tempo a lidar com as circunstâncias .

Me sinto perdida, não sei quem verdadeiramente sou. As mudanças de humor são presentes e nem ao certo sei porque isso acontece. Me fechei para o mundo e hoje, aprendi que as pessoas de confiança são poucas. Isso pode soar como um desabafo, mas é difícil olhar para dentro de si e não saber o que se esconde lá. Preciso de um momento só meu de descobertas, procura do que me falta, o complemento da minha existência. Por mais que eu tente me preencher com algo, percebo o quanto sou vazia.

Espero que esse tempo, sirva para me encontrar e achar a outra peça do meu quebra cabeça. Tomara que seja a luz, a versão verdadeira e definitiva.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

As mentiras que nós contamos.


D
uvido que alguém nunca cometeu aquele pecado de inventar uma mentira assim, um tanto desnecessária. Eu, você, a família, os colegas, os professores, enfim, todo mundo mente, mesmo que seja de boa fé.
Ai em baixo vai a lista de top five de algumas mentiras mais presentes no nosso dia a dia.

1°. Trabalho da escola; Aquela mentirinha que esqueceu o trabalho escolar em casa. 90% dos casos, a pessoa não somente esqueceu de levar, como esqueceu de fazer, ai para se livrar da bronca, fala que deixo em casa, ou que o cachorro comeu. Os outros 10% realmente falaram a verdade, mas como o mundo é injusto, ele fica de recuperação na matéria.

2°. Mentira de balada; quando aquele estrupicio, oferenda, (magro, careca, com um dente faltando do lado direito da boca e do outro lado uns dois podres) Vem e pede pra fica '-' o que você faz?! Diz que é gay hahahahahaha' Mas como homem fantasia muita coisa, a melhor saída é falar que seu namorado de 2 mts de altura, musculoso, está a sua procura.

3°. Mentir pra mãe; Ou você mente porque chegou atrasada em casa, ou mente que não tem dinheiro. Por causa das notas. Que vai dormi na casa da amiga. Que nunca bebeu na vida. Que é virgem. Que a roupa dela tá maravilhosa, e por ai vai.
Obs: esse item da lista não serve para mim. Mãe gatona, amo você, I love you!

4°. Mentir para os amigos; geralmente quem mente são os homens. Entre eles sempre rola o seguinte papo:
- E ai cara, pego aquela gostosa?!
mentiroso, diz:
- Ah, peguei sim e ainda tem mais, a levei pra casa e agora ela tá lá me esperando lavando as minhas cuecas e fazendo meu prato favorito.
''Mulher lavando cuecas?! hãhã, nunca!NUNCA! Até as donas de casa jogam aquele trapo em decomposição pra maquina de lavar. "

5°.Mentira de filmes; não poderia deixar de falar, talves o mais importante de todas as mentiras, porque essa acaba influenciando no nosso modo de pensar. Filmes mentirosos são aqueles de modinha: Crepúsculo, aqueles filmes sem noção de aliens, super heróis, carros que voam, homens feios que pegam 3 mulheres ao mesmo tempo, roteiros de putaria e por ultimo mas não menos importante, 2012 \o/ totalmente Estadunidense.

Bem cabô né. Só quero deixar bem claro aqui, que eu não gosto de mentir, omito quando necessário. Porém, vivemos tão envolvidos com a mentira, que é difícil diferenciá-la da verdade.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Os paralelos entre o homem e a mulher

"O homem é a mais elevada das criaturas. A mulher é o mais sublime dos ideias. Deus fez para o homem um trono; para a mulher, um altar.
O trono exalta; o altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher, o coração. O cérebro produz luz; o coração, amor. A luz fecunda; o amor ressuscita.
O homem é o gênio; a mulher, o anjo. O gênio é imensurável; o anjo, indefinível.
A aspiração do homem é a suprema glória; a aspiração da mulher, a virtude extrema. A glória traduz grandeza; a virtude traduz divindade.
O homem tem a supremacia; a mulher, a preferência. A supremacia representa a força; a preferência o direito.
O homem é forte pela razão; a mulher é invencível pela lágrima. A razão convence; a lágrima comove.
O homem é capaz de todos os heroísmos; a mulher, de todos os martírios. O heroísmo enobrece; o martírio sublima.
O homem é o código; a mulher o evangelho. O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
O homem é um templo; a mulher um sacrário. Ante um templo, nos descobrimos; ante o sacrário, ajoelhamos-nos.
O homem pensa; a mulher sonha. Pensar é ter cérebro; sonhar é ter na fronte uma auréola.
O homem é um oceano; a mulher, um lago. O oceano tem a pérola que o embeleza; o lago tem a poesia que o deslumbra.
O homem é a águia que voa; a mulher, o rouxinol que canta. Voar é dominar o espaço; cantar é conquistar a alma.
O homem tem um farol: a consciência; a mulher tem uma estrela: a esperança. Um farol guia, a esperança salva.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra; a mulher, onde começa o céu...!"

Fragmento de Victor Hugo tirado do livro: Autoconhecimento- caminhos para a excelência pessoal.
Autor: Ernani José Monttin.

Recomendo a leitura.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Diário

Querido blog diário, como é bom revê-lo.
Bem, vamos contar as novidades né. Depois de um tempo sumida, eu lhe devo uma explicação. Pois bem, fui sequestrada pelo cursinho e acabei esquecendo do restante do mundo, inclusive de você '-' me desculpa, mas foi preciso.
Bem, falando dos resultados de toda essa correria, ganhei uma vaga de Direito e estou muito feliz, mesmo não conseguindo concluir todos os meus objetivos.
Pretendo voltar a escrever coisas interessantes em você, o mais breve possivel.


Bjão

domingo, 22 de novembro de 2009

Passou.

Escuto o som que me faz bem
e esqueço tudo pra não magoar,
porque o que passou,
passou.

Vejo a Luz que me convem,
sem ter medo de ninguem
deixo tudo flutuar,
porque o que passou,
passou.

...

sábado, 7 de novembro de 2009

Momento Tao Te Ching

Síntese das antíteses
(Lao- tsé)

Só temos consciência do belo
quando conhecemos o feio.
Só temos consciência do bom
se conhecemos o mau.
Porquanto o Ser e o Existir
se engendram mutuamente.
O fácil e o dificil se completam.
O grande e o pequeno são complementares.
O alto e o baixo formam um todo.
O som e o silêncio formam a harmonia.
O passado e o futuro geram o tempo.
Eis por que o sábio age
Pelo não-agir.
E ensina sem falar.
Aceita tudo que lhe acontece.
Produz tudo e não fica com nada.
O sábio tudo realiza - e nada considera seu.
Tudo faz - e não se apega à sua obra.
Não se prende aos frutos da sua atividade.
Termina a sua obra
e está sempre no princípio.
E por isso a sua obra prospera.


Ando lendo pela 4° vez o livro Tao Te Ching ( o livro que revela Deus) e a cada vez que eu releio, consigo tirar uma conclusão totalmente diferente, me deixando fascinada e mais segura do que eu quero para mim.
Recomendo o livro para os Católicos, Evangélicos, hebreus, ateus, enfim, recomendo à todo mundo.

Bjos

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Pão e circo

Em Roma antiga, houve uma época em que existiam tantos escravos (de guerra) que a miséria predominava as ruas. As pessoas passavam fome, frio, sofriam maus tratos, não possuíam uma casa e disputavam o espaço com cachorros e gabirus.
Para que não ocorressem rebeliões e guerras internas o governo decidiu criar a política do pão e circo. Pegavam os católicos e jogavam dentro do grande Coliseu para “lutar” contra leões famintos. Sim, não sobrava ninguém! E quem ia assistir a esses espetáculos? O povão, aqueles da rua, famintos que ganhavam a cada massacre de Católicos um pedacinho de pão. (sem manteiga ¬¬’), um abuso! A população, como era de se esperar, não percebe o mundo ao redor, não pensa e acaba deixando passar as injustiças, ignorando a política, economia e o direito de cidadãos.
Os anos se passaram e a história correu e o mundo evolui. As pessoas mudaram, a sociedade amadureceu.
Não somos mais enganados e a política do pão e circo, já era há muito tempo.
Pois bem, está ai o maior erro.
Existe um lugar, onde as pessoas vivem na maior miséria (fome, maus tratos, exploração do trabalho infantil, exploração sexual, falta de saneamento básico, péssima educação, saúde precária, corrupção na policia, na política, desvio de verba...).
As pessoas ficam chocadas, porém, diante de tanta coisa ruim, eu não me orgulho em dizer que esse lugar, é onde eu nasci, onde eu cresci, vivo e provavelmente, é o lugar onde eu vou morrer. É o Brasil minha gente.
Ai você se pergunta cadê o circo né? Bem, vou tentar listar algumas interferências que cegam a sociedade.
- Televisão, rádio, professores sem capacidade, bolsa família, saúde para todos, leite das crianças, vale gás, vale dentadura, vale comida a 1 real.
Quer mais?
- Copa do mundo e Olimpiadas de 2000 e não sei quando (realmente não sei e nem quero saber)

Pão e circo!

Agora só falta o bobo da corte. Ou será que não?


Palmas!

sábado, 31 de outubro de 2009

-...

A falta me consome.
Pior do que existir um sentimento de vazio, é você não saber o que te falta.
É, não consigo me encontrar. Paro e me olho no espelho e aquela estranha á minha frente, com a face pálida, me encara.
Eu ainda pergunto:
- quem é você, porque você existe?
-...
- o que você espera para seu futuro?
-...
- o que você realmente sente?
-...
- afinal, o que á por trás deste rosto, dessa personalidade incorporada e mutável?
- uma alma á espera de um sentido.
- me responde, quem é você?
- eu sou você mais a fundo, a intensidade, sua luz, a parte que ninguém consegue enxergar, a que grita e reclama quando não se sente bem. Eu fui você no passado, sou o seu presente e serei o seu futuro.
-...

As entrelinhas me fazem pensar.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Não é serio

É, acham que só porque somos jovens e teoricamente não possuímos uma personalidade completa, pensam que somos anormais e pateticamente falando, idiotas.
NÃO! É ai que vocês (políticos, policiais, tiozinho da padaria, professores e todos aqueles que não estão afim de ajudar e sim a usar). Cansei de ser tratada como se fosse um animalzinho inocente pronto para ser domesticado. Não é porque comemos Mc Donalds e bebemos Coca Cola, que somos influenciados. Muitos de nós, sabe perfeitamente o que quer.
NÃO somos trouxas a ponto se não saber que todos os políticos ficam atrás dos nossos votos. Sei perfeitamente que mesmo eu não usando drogas e sem me envolver com qualquer ato ilícito, corro o risco de apanhar da policia na rua.
NÃO somo todos iguais. Muito pelo contrario, possuímos diferenças que cada um cultiva a seu modo. Nego-me a ver que muitos nos tratam como rebeldes sem causa, como modinhas ou uma parte desmiolada da população.
A ignorância está naqueles em que não abre os olhos e percebe o mundo a sua volta. Sem educação são aqueles que não reconhece que o futuro depende de nós e que a geração passada já era. Agora é a nossa vez, somos nós, adolescentes que iremos mudar o mundo.


Não é serio - Charlie Brown Jr e Negra Li.

Chorão) Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério(Negra Li)O jovem no Brasil nunca é levado a sério(Chorão) Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério(Negra Li) Não é sério
(2x)(Chorão) Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério(Negra Li)O jovem no Brasil nunca é levado a sério(Chorão) Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério(Negra Li) Não é sério
(Chorão)Eu Sempre quis falarNunca tive chanceTudo que eu queriaEstava fora do meu alcanceSim, jáJá faz um tempoMas eu gosto de lembrarCada um, cada umCada lugar, um lugarEu sei como é difícilEu sei como é difícil acreditarMas essa porra um dia vai mudarSe não mudar, pra onde vou...Não to cansado de tentar de novoPassa a bola, eu jogo o jogo
(2x)(Chorão) Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério(Negra Li)O jovem no Brasil nunca é levado a sério(Chorão) Eu vejo na TV o que eles falam sobre o jovem não é sério(Negra Li) Não é sério
(Chorão)A polícia diz que já causei muito distúrbioO repórter quer saber porque eu me drogoO que é que eu usoEu também senti a dorE disso tudo eu fiz a rimaAgora tô por contaPode crer que eu tô no climaTambém tô no clima(2x)(Chorão) Eu to no clima(Negra Li) Também to no clima
(Chorão) Eu to no clima
(Chorão) Revolução na sua vida você pode você faz(Negra Li) Quem sabe mesmo é quem sabe mais(Chorão) Revolução na sua mente você pode você faz(Negra Li) Quem sabe mesmo é quem sabe mais(Chorão) Revolução na sua vida você pode você faz(Negra Li) Quem sabe mesmo é quem sabe mais(Chorão) Também sou rimador, também sou da bancaAperta um do forte que fica tudo a pampa(2x)(Chorão) Eu to no clima(Negra Li) Também to no clima
(Chorão) Eu to no clima
(repete tudo)Sempre quis falar....
Chegando por aqui Negra Li, família RZOAdeus maluco só
(Negra Li)O que eu consigo ver é só um terço do problemaÉ o Sistema que tem que mudarNão se pode parar de lutarSenão, não mudaA Juventude tem que estar a fimTem que se unirO abuso do trabalho infantil, a ignorânciaFaz diminuir a esperançaNa TV o que eles falam sobre o jovem não é sério, não é sérioEntão Deixa ele viver. É o que Liga.

domingo, 18 de outubro de 2009

O melhor prêmio para o ganhador.

Presenciamos nesse período que tudo é uma farsa. Como podemos premiar uma pessoa por algo que ela ainda não terminou de fazer (se é que começou). Para quem não sabe o que estou falando, é só entrar em qualquer jornal online e ver estampado lá, Obama ganha prêmio Nobel da paz!

O cara é muito fodão mesmo, do bom. Me assusta ele, com tudo o que já fez (muita coisa ¬¬), ter conseguido um reconhecimento tão rápido, tão imaturo e tão ridicularmente politico. =O

Simplesmente desmereceram os antigos ganhadores.

alguns deles:

1997: Jody Williams (Coordenadora da Campanha Internacional para a Eliminação das Minas Terrestres (ICBL))

1999: Médicos sem Fronteiras (Organização independente que presta ajuda médica a vítimas de conflitos no mundo)

E nem tão importante:

2002: Jimmy Carter (Ex-presidente dos EUA e ativista dos direitos humanos)



Chega a ser uma ofensa ao pai do prêmio Nobel Alfred Nobel, químico e industrial sueco, inventor da dinamite. (pouca coisa né?!)



Pois bem, acho que deveríamos premiar um ilustre político, que juntamente com seu partido, pregou a paz, a união, o enriquecimento da população comedora de pizza do Brasil.

Luís Inácio Lula da Silva! Meu petista do coração.



Força, do jeito que andam as coisas no mundo, você chega lá.

sábado, 10 de outubro de 2009

Medicina moderna

É, como todo mundo um dia, eu resolvi por livre e espontânea pressão passar uns 3 dias de molho em um hospital, e essa minha estadia só não foi mais dolorida e angustiante porque existiam pessoas competentes e com muito amor a profissão e ao ser humano. Eu falo da equipe de médicos e enfermeiros que cuidaram de mim nesses dias.
Sei que um monte de gente reclama, porém esquecemos que eles são humanos e necessitam dos mesmos cuidados que nós. Antes de criticar um profissional da saúde, pense que ele não deve estar em um dia bom, ou que pode ser trabalho de mais.
Agradeço a eles por terem tido toda a paciência e carinho comigo, e se hoje estou bem é graças a medicina moderna.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Tele transporte.





Quero pedir aqui, o direito de uma maquina de tele transporte. Já que somos tão avançados e possuímos todas as tecnologias, espero que os cientistas logo consigam atender o meu pedido.


Com uma maquina dessas em minha casa, eu poderia aparecer e desaparecer em lugares estratégicos.

Ex:

Quando o cobrador bater no portão de casa, eu apareço na janelinha e volto pra dentro de casa, sem abrir a porta, dando a impressão de que nunca tem ninguém presente.

Da escola pro cursinho, do cursinho pra boate e depois pro shopping e logo pra casa. Tudo isso em 10 horas.

Eu poderei ir na casa de quem eu quiser de madrugada. (oooê) fazer você sabe o quê!

Poderei sair no meio da minha prova da federal, e ir consultar meus professores ninjas do Dominio, resolvo a questão e volto gabaritando a prova.



Eu queria uma maquina dessas, porque melhoraria minha vida 100%, alem de me aproximar de pessoas especiais. Espero que atendam meu pedido e quando lançarem essa nova invenção, lembrem-se de mim. Com certeza serei a primeira a testar!

domingo, 4 de outubro de 2009

Roubar.

Vejamos bem, não irei dizer que roubar é típico de brasileiro, porque sou brasileira e não pretendo roubar nada (espero), mas não posso negar, que os últimos fatos, queimam a imagem do tal brasileiro boa praça.
Os nossos políticos roubam direto, corrupção pra todo lado, se mantêm as custas do povão e como sempre nunca dizemos nada.
A policia, tem em uma corporação gigantesca, meia dúzia de fdp que estragam a reputação de todos. Ai você se pergunta onde estão os bons, pois bem, eles existem, só tem medo de se mostrarem e cobrarem justiça.
Os cachorros do nosso pais, rasgam meu lixo todo dia, e mesmo que eu bata, espanque, grite, os danados continuam a roubar meu lixo e rasgar tudo.
Os mendigos, nem imaginação e dignidade possuem mais. Sabe que um dia desses, um veio me assaltar e quase foi assaltado. Detalhe, ele estava de muleta, de uma perna só, noiadão e ainda falava ‘ mão na parede’ . Eu não sabia se segurava o homem pra ele não cair, ou se chutava a outra perna dele, coitado!
Conseguiram até roubar o enem. Quer coisa pior? O abestalhado, rouba uma prova nacional e tenta vender pra um jornal ‘-‘ percebemos que existe gente muito burra nesse mundo.
Em 2016, terá caravana de todo o Brasil rumo ao rio. Os bandidos vão sair de Manaus, Macapá, Acre, e Curitiba lógico, pra assaltar os gringos no Rio. Maravilha! Novas modalidades estarão presentes, como ‘salto com bala’, ‘corrida no morro’ dentre outras.
Agora querem roubar meu coração *--* sorte a minha! Eu como uma boa brasileira, resolvi deixar e ver o que o futuro me reserva.


Beijos pra quem é de beijos

terça-feira, 29 de setembro de 2009

É povão, resolvi nem postar por esses dias, véspera do nascimento do bebê de rosemery (enem) e vamos todos a luta.
Cabecinha anda a mil, humor super tranquilo (mentira ¬¬') e a expectativa ainda vai me matar. Mas, enquanto eu não surto ou morro de vez, irei me recolher e ficar estagnada por uns 3, 4 dias, só para acalmar os ânimos.


obs: antes de pensar consigo, ", a retardada lá no começo do post diz que não vai postar nada e acabou postando, que idiota mesmo!" tá, eu sei que foi totalmente besta, mas a vida é assim mesmo, efeito do cursinho e das noites mal dormidas.

bjos

domingo, 20 de setembro de 2009

sei lá

Ah mew, andei meio indignada com um monte de coisas que andam acontecendo.
Pensei , tentei refletir e chegar a uma conclusão e até agora, não sei como o ser humano consegue ser tão, tão desprezível
Não é uma questão de ponto de vista e sim, de índole e caráter. Chega né! Aqui não tem trouxa que irá jogar o voto fora, que irá ficar adulando falsos amigos, fieis dissimulados, falsos humanos!
O limite existe e se não o aprende em casa, logo irá se deparar com eles na vida e ai o tombo vai ser maior. É uma pena, mas não posso fazer nada, certas coisas precisam acontecer para que se aprenda e quando isso tudo acontecer, eu vou estar aqui, paradinha, com a minha vida atrasada (?) ignorante (?) e fechada (?). Nesse dia, saberemos que a amizade é uma linha de barbante, pronta para ser cortada por um dos lados. Evito ser esse lado, mas quando as idéias não batem e as atitudes tornam-se ridículas, eu uso meu canivete.
Cansei! Sinto muito mais cansei.

Aprendi que o mundo não é para os bons, e sim para os melhores.
Percebi que só seguirei minha vida, se começar a corta ilusórios elos de ligações.
Não luto pelo bom, e sim pelo melhor! E você, será uma simples erva daninha ou uma sequóia-sempre-verde?

Eu brigo por um caminho, os melhores que me aguardem.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Tudo vai dar certo.

Os dias ficam claros, as noites mais amenas e o meu interior cada vez mais preenchido.
É, estou tão feliz, que nem ao certo sei se é uma coisa só, ou se é um amontoado de coisas boas. Uma sensação de auto conhecimento e satisfação. Tudo está tão tranquilo que chega a me dar medo. (alegria de pobre dura pouco).
Me sinto bonita, inteligente e tá, nem um pouco modesta também. Fazer o que né?!
Um calor me invade e novos carinhos de corpos aconchegantes ando conhecendo. Não existe nada melhor do que um abraço amigo, aquele que nem precisa de palavras, apenas um abraço apertado que sufoque até ficar roxo e desmaiar. :o

E quem disse que amigo não cura carência?!

Os meus são milagrosos.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

10 dicas de como se livrar

Se você está cansado de ter que conviver com pessoas malas, deixo por aqui 10 dicas de como se livrar delas.

1°- Se você se sentir sozinho em um lugar e procurar por amizades, corra de pessoas que riem do nada, que anda em grupinhos e fuja das meninas populares. (sempre dá confusão).
2°- Mala na Internet? É simples, bloqueia, e quando sentir falta, desbloqueia e diz que tava sem net.
3°- Vizinho? Mew, joga coco de cachorro no quintal dele que nunca mais ele aparece na sua frente.
4° -Parente? Esses daí você agüenta, porque sangue é sangue né, se eles são chatos, vai ver você também é.
5°- Amigo de infância? Oh, se não vira namorado, namorada, ou afins, é porque você gosta do jeito mala. Tolera que é melhor.
6°- Paquera de plantão? Então, é simples, manda ir toma no c*, ir se F*&$@. \o/\o/ simples né?!?
7°- Sogra? Atura, porque ela é sua segunda mãe *-* Linda linda, faça doces pra ela e não esqueça de engolir o veneno. Sogra é sagrada!
8°- Ex namorado (a)? No caso das meninas, pega seu amigo gay e diz que ele é super ótimo de cama. E no caso dos garotos, fique susse, porque todo mundo sabe o quanto homem gosta de garota a disposição.
9°- Amor reprimido? É simples, pega um cadarço, amarra na pontinha da beliche, faz um nó de escoteiro e posiciona ela no seu pescoço, daí tu já sabe o resto né.
10°- Sentimento de psicopata perante gente inútil? Oia que ai só tem um remédio. Deixar sua mente fluir e contar até 10. Caso isso não resolva, manda o condenado corre na frente, pra caça ser mais emocionante.

domingo, 6 de setembro de 2009

Ê vida bandida.


Pois bem, aqui estou eu, morta de cansaço, com uma crise de rinite, em uma cidade que está uma bagunça total, uma paranóia infeliz, chamada Gripe A H1N1. É, todos sabemos que o povo de Curitiba em dias chuvosos e frios, custam a abrir a janelinha do ônibus, mas de uns dias pra cá, tenho presenciado cenas cômicas na minha vida de aluna pobre que anda de transporte público (sem exageros).
Mas deixe-me relatar os fatos:
Estava eu voltando do cursinho, com crise de rinite e pronto, os espirros e a tose não me deixavam em paz. Para acompanhar esses sintomas, eu estava com uma cara de usuária de drogas, ranhenta, com uma feição de doente (noite mal dormida).
Nunca vi coisa igual, em menos de frações de segundos, todas as janelas do ônibus estavam abertas, o povo me olhando torto e sim, estavam se afastando de mim. Aaaaê \o/. Sem aperto, sem gente te cutucando (você sabe como), sem velhos enchendo o saco e sem crianças pisando no pé. Sonho de consumo de qualquer um *-*.

Pra quem não sabe, a Gripe ta pegando todo mundo aqui. Quem ainda não pegou, já a espera porque sabe que uma hora, o porquinho irá bater em sua porta.
Como eu tenho pavor, horror, aversão a porco, deixo aqui dicas para evitar a pandemia.
- Não coma carne de porco! (porco é um bicho nojento que só trás doenças, alem de engorda e sem contar no verme solitária.Um amor de verme).
- Não ande em hospitais! Lá você entra com uma dor de cabeça e sai com uma pneumonia.
- Não respire em meio de aglomerações. Prenda a respiração e brinque de roxinho.
- Tome “beer in gel”. É importante o uso de álcool em gel para matar o vírus. Porem, se você começar a beber cerveja em gel, o resultado será o mesmo, sem nenhuma diferença. Hã, hã ?!? *traduzir no site de busca “beer in gel”, pliz.
E por ultimo, o mais importante de todos:
- Fique longe de palmeirenses! Pelo amor de deus, nada de ficar perto dos porcos. Nada de beijar, de comer (nos dois sentidos) os palmeirenses. Alta probabilidade de contrair a Gripe e dificilmente sair vivo.
Antes que alguém pense, “ê que retardada”, “loser”, “bestona”, lembre-se que não possuo nenhum pingo de humor.

E viva a rinite.

sábado, 29 de agosto de 2009

Eram verdes.

Nem ao certo sei quanto tempo faz...
Ando pelas ruas, vejo rostos diferentes. Pessoas apressadas, andando, correndo, esbarrando-se e seguindo em sua batalha diária. Olho para os lados e me deparo com os olhos verdes mais bonitos e paralisantes que eu já vi em toda minha vida. Sim, eu não parei de olhá-lo. Senti que aquelas bolotas verdes tambem perceberam minha presença ali, no meio do tumulto. Senti um frio percorrer minha espinha, resultando em um arrepio que me fez desviar o olhar. Mas a ansiedade me atormentou e não me contive. O procurei novamente, só que naquele instante ele já não estava lá. O perdi para sempre e nem tive a oportunidade de dizer um “oi, será que vai chove?”.

É perdi!

Atravesso a rua e adentro a sala de aula. Voltei a minha vida corrida. Sem nenhum olhos verdes para me iludir. Só me resta uma caneta , o papel e um monte de questões de física para termina de resolver.

domingo, 23 de agosto de 2009

Ê saudade.

Ê meu povo. Saudades imensas de escrever por aqui.
Minha vida anda bem corrida ultimamente. Com o recesso forçado pela gripe suina, estamos tendo que repor as aulas, ai vocês imaginam o caos que virou. Temos aula durante o sabado agora e para melhorar, o cursinho dá aula durante o sabado e o domingão. Pois bem, tenho que ficar 19 horas do meu dia, estudando.
Não venho postando quase nada por aqui, mas podem ter certeza que logo eu volto a ativa e coloco alguns textos bem bacanas, com ideias que eu ando tendo ultimamente.
Estou com saudade de brincar, de conversa e passar horas na internet. Mas tudo bem, tudo na vida tem um preço, e eu estou pagando o meu. Espero que tudo dê certo!

Bjos pra quem é de beijo e abraço pra quem é de abraço!

sábado, 15 de agosto de 2009

A hora é agora.

Depois de rebolar legal, apanhar da vida e continuar errando, aprendi que a hora é agora.
Agora é a hora de olhar para o céu e agradecer por estar vivo. De olhar o mundo com outros olhos. Ficar um tempo olhando para o nada e pensar sobre o que vamos levar de hoje para o amanha.
É o momento de abraçarmos (mãe, pai, irmão, primos, indigentes, cachorros, travesseiros, a si mesmo), abraçar faz bem. É preciso parar nos segundos e analisar os detalhes, movimentos, tudo com perfeição, para ficar tudo gravado na memória. É o sentimento de amor, alegria que te faz sorrir e chorar em uma mistura de sensações que não conseguimos descrever.
Ai você acorda como um estalo e percebe: eu estou viva!
Do que vale um corpo, se a alma nele não está?
Do que vale o dinheiro, se amigos te faltar?
Do que vale respirar se isso não te tornará mais viva?

A hora é agora. Tudo muda, tudo passa!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

7 pecados capitais.


Opa, depois de um tempo sem escrever, totalmente inútil em casa, eu achei um tema bem legal e que querendo ou não, faz parte da minha vida e da vida de muita gente.
Os 7 pecados capitais. Vamos lá.
1) Gula.
Para meus amigos e eu, a gula não faz parte de pecado algum. É quase impossível você chegar em um restaurante e não pedir um prato bem gostoso, em que tenha: carne assada, batata frita, lasanha, baião de dois, rabanada e por fim de sobremesa, uma torta de chocolate e sorvete de morango. Hum, uma delicia.
2) Avareza.
Ai sim, a maioria das pessoas que eu conheço são avarentas. Eu para fugir da mesmice, apenas guardo dinheiro de baixo do colchão (mania antiga). Não o gasto por nada, mas sei dar valor a coisas bonitas da vida, estilo parques e locais que sejam tudo de graça.
3) Inveja.
A culpa não é das pessoas invejosas e sim, do carro, da família, da escola, enfim da grama do vizinho que é sempre mais verde.
4) Ira.
Querem que agente não fique com ódio e sinta rancor de ninguém. Mas pense bem, olhe em volta. A corrupção, a fome, a pobreza e a diferença social, sem contar no Ricardão dentro do seu armário antes de você chegar todas as noites. É, ai você está perdoado, pode bater, ficar com raiva e xingar um monte. Você vai pro céu!
5)Soberba.
Se você é aquela pessoa humilde, que possui as coisas melhores que as dos demais e nem disfarça por saber disso. Se você se acha a poderosa, e sabe que não precisa de ninguém para se manter firme. Pois bem, você é apenas auto suficiente e provavelmente irá se encontrar comigo no futuro.
6) Luxúria.
O mais importante de todos. *-* duvido, mas eu duvido quem nunca cometeu esse pecado! Ou já cometeu, ou comete com freqüência (não é o meu caso, (6)) ou irá cometer em um futuro bem próximo, tipo amanha, ou quando estiver lendo isso.
Mas tem salvação, junte-se a mim! Vamos todos nos jogar no poço e nos livrarmos de sexo, e pensamentos pervertidos.
7) Preguiça.
Ah! Nego-me a falar muito sobre isso. A culpa é da pessoa que me passou um verme, chamado verme da preguiça. Agora, não tenho animo pra nada que seja braçal, estilo lavar louça, limpar a casa e fazer lições da escola. Mas posso garantir que ele passa, pois se chamar uma pessoa preguiçosa para dar uma volta (de carro), conversar (de preferência em uma cadeira bem aconchegante) e gastar dinheiro, um preguiçoso vai na hora!

Eu como sou santa, vou para o céu por não cometer pecado algum. Provavelmente, se você é como eu, pode ficar despreocupado que não corre risco nenhum. Alias, vamos desfrutar de tudo o que nos restas, porque quando morrermos, nada, nada mesmo que possuímos aqui, irá para de baixo da terra conosco.

Amém!

domingo, 9 de agosto de 2009

Dia dos pais.

Aaaê.

Hoje é dia dos papais de plantão. E eu como uma boa, linda e dedicada filhona, vim deixar aqui minha homenagem aos meus pais.
Sabe aquele cara que está com você em todos os momentos da sua vida? Aquele em que você pensa nas broncas, ou no meu caso, o companheiro de guerra. O homem que briga com você, se acha o tal, manda e desmanda, mas que no fundo ama você. E quem disse que homem não chora? Meus pais choram.
Cumprindo um papel secundário na minha vida, eu agradeço, ao meu pai de sangue, que querendo ou não, possibilitou que eu estivesse aqui hoje. E ao meu pai de criação, padrasto mesmo, o “Cara” que me apóia em meus sonhos e move céu e terra para que meus objetivos sejam conquistados.
Obrigada por tudo. Saiba que mesmo eu não demonstrando, sendo insensível, e demorando meses para ligar e dar noticias, eu amo muito vocês. E estou aqui pra tudo!

sábado, 8 de agosto de 2009

Vai, chora!

Choramos de felicidade, de tristeza, agonia, ansiedade, raiva, dor. Às vezes as lagrimas descem e nem sabemos o porque. Sentimos apertos no peito, dores de cabeça e as vistas escurecendo. Esperamos e rezamos para que naquele momento, conseguirmos um abraço, não importa de quem, um abraço resolve tudo.
Esquecemos o dom que temos. O dom de amar. Não existe formula da juventude. Um segredo da felicidade, da vida eterna. Existem pessoas, assim como eu e você, capazes de fazer os dias mais belos. Sim, eu posso, nós podemos.

Voltando ao chorar, hoje cheguei a conclusão de que sou uma Maria mole. Estava eu no parque e veio uma criança de uns 3 anos na minha direção, linda, linda, e sorriu pra mim. Ela era mais simpática do que a grandona aqui, veio até puxar assunto. Quando a mãe dela foi embora e a levou, ela ainda me deu outro sorriso daquele que faz você rir involuntariamente, e foi embora. E ai? E ai que eu chorei. É, tentei disfarça bem, mas chorei. Porque? Nem eu sei ao certo, só sei que aconteceu. Um bebê praticamente conseguiu desarmar uma casca dura. É a força das crianças.
Então, cheguei a conclusão de que chorar faz bem. Derramar lagrimas á toa lava a alma.


Eu choro, tu chora, o Obama chora e até Hitler chorou, que mal há nisso?

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Não pretendo nomear.


Vou falar sobre uma coisa meio chata, mas inevitável. Tudo bem que tem gente que fica sem graça, tem aqueles que evitam o assunto e tem pessoas sinceras, como eu que falam mesmo. Então ta, eu vou falar. Reviro-me às vadias.

Como os bestas, as vadias são classificadas por grau de vadiagem.
Vadia 1: aquela mina que não presta. Que adora rouba o peguete dos outros e fazer um terror, horror, inferno na vida alheia.

Vadia 2: aquela que apanham em frente da escola, em frente ao bar, que apanham do marido e não denunciam e claro que as pestes da novela, essas merecem apanha mesmo.

Vadia 3: a famosa gostosa da esquina. Geralmente a guria é gente fina, só que com certeza é melhor que nós, daí logo a chamamos de vadia, para nos sentirmos melhor, ou algo do tipo, sem prolongas.

Vadia 4: a sua melhor amiga! Ela sim. Nossa, porque ela é linda, maravilhosa, gostosa e faz você ter orgulho de ser amiga dela. Te faz rir todas as horas e é inevitável ela ou você se chamarem de vadias. Na verdade, nenhuma das duas são, mas para não quebrar o clima e a rotina, vale chamar amiga de vadia sim.

E chega neh? Bem, gostaria de esclarecer aqui, que vadias são diferentes das profissionais do sexo (nada contra elas) mas, não se parecem nem um pouco. E sim, eu as defendo como ninguém. As amo né, fazer o quê!

Para tirar as duvidas:
Amiga de vadia, vadia é.

Como reconhecer uma pessoa assim?
Basta você perguntar.
- oi você é vadia?
- ah, VSF, vadia é tua m**.

Antes que você pense que insulto a moça atoa, se enganou. Sim, era uma vadia.

obs: viva a liberdade de expressão.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Meu novo caso de amor.

Estou novamente apaixonada. Úlala!
Os amigos dizem aleluia, os inimigos gritam droga, os coleguinhas perguntam quem? a família esbugalha o olho e eu respondo, um caso de amor antigo e inevitável.
É, nos conhecemos a dois anos atrás através da minha irmã. No começo, era amor a primeira vista dela, mas logo que me viu, ele abriu um sorriso. Simplesmente, eu o roubei dela. Dormimos juntos durante um bom tempo, tiramos varias fotos, viajamos juntos, tivemos momentos maravilhosos, dignos de fazer inveja. Mas ai, eu o troquei por um outro qualquer, fingindo que poderia substituí-lo, porem, o tempo me mostrou que ele é insubstituível. Voltamos e hoje, faço questão de colocar ele bem pertinho de mim, para me vigiar a noite inteira. Pra mim, ele é mais importante do que muita gente. Ele sim sabe ficar em silencio quando precisa, sabe me olhar como ninguém, simplesmente me completa.
Adoro a sua cor roxa, o seu pano cheio de bolinhas, seu chapeuzinho cafona.
Te amo Barney!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Tédio!



"Sentado no meu quarto,
o tempo voa.
Lá fora a vida passa e eu aqui a toa. Eu já tentei de tudo mas não tenho remédio, pra livrar-me deste tédio"
Não aguento mais o tédio. A coisa por aqui tá braba, um desanimo generalizado. Rezo todos os dias pra essa gripe lazarenta ir embora, pra voltarem as aulas. Quando tudo está andando nos eixos, aparece alguém, ou alguma coisa que desanda tudo. Pois é, acho que jogaram uma galinha preta no portão da minha casa, colocaram um sapo morto e velinhas de saravá. A sorte por aqui não anda boa, os ânimos também não e a vida continua na mesma. Logo aquela preguiça de pensar, comer, dormi, levantar, escrever e com certeza respirar, bate em minha porta. Vai ver é a saudade dos amigos e de uma boa conversa.
Mas remédio pra algumas coisas existem. Tédio? É só sair. Falta de sorte? É só ir se benzer. Quem me dera fosse aqui perto a casa da mãe Diná.
É preguiça de escrever...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Reclamar é legal!


Resolvi tirar esse dia para colocar tudo pra fora, reclamar geral mesmo, cansei de um monte de coisa.
Primeiro, quero falar que a situação do Brasil perante a Gripe A é ridícula. Não adianta nada, só agora pararem as aulas, se a população não tem informação e consciência para ficar em casa esperando a coisa melhorar. Mas como já era de se esperar, vai todo mundo pro cinema, jogo de futeba, teatro e balada. Todos compartilhando o vírus, pra quando voltar às aulas, fuder com a vida de quem ficou em casa durante essa semana.
Segundo, quero deixar aqui também o meu reclame para os políticos. Pow, ninguém tira aquele Sarney de lá, o cara ta pior que piolho em cabeça de macaco, criou raízes lá e os outros ficam adulando a hipocrisia. Um viva pro Sarney? Viva!
Terceiro, quero mandar um beijo bem grande, pro técnico da minha net á rádio. Parabéns para ele. O engraçadinho não trabalha na chuva, sendo que na cabecinha dele, Curitiba só chove e nunca, mas nunca, faz sol. E o pior de tudo, é que agente paga por um serviço que não estamos usando. Isso aê, quando ele vier aqui em casa, colocar essa net pra funfar e eu poder postar meus textos, pode ter certeza que ele não irá sair vivo.
E para termina com as minhas reclamações, quero deixar bem claro, que ficar em casa, fazendo nada, sabendo que se o cursinho, a escola, e o resto da vida não voltar a funcionar, irei tomar literalmente na sambiquira. Aaaaaaê, um viva a sambiquira!


Ação e Reação


Passando por diversas situações em que eu mesma repito, era melhor não ter acontecido. E claro, ninguém nunca vai saber como é, se nunca tiver vivido, então, o melhor é acabar se estrepando pra saber se é bom ou não.
Vamos lá com a lista.

Trabalho em equipe: pros espertinhos cabides, ou para os cdfs de plantão, é a pior coisa do mundo. Um sempre faz tudo sozinho. Ai você me pergunta, mas e o espertão que fica nas costas dos outros? Pois é, ele sempre se ferra no final do ano.

Férias na praia: é a melhor coisa do mundo, porem se pensarmos nos contras, é melhor ficar em casa. Como eu sou do contra e odeio praia, vou escancarar o que acontece por lá. Geralmente, os adultos bebem um monte, você fica sem carona no meio do nada, onde não tem Internet, não tem show que preste, tem ambulante pra tudo quanto é lado e tudo sai mais caro que o normal. Pra finalizar, quando você voltar pra casa, provavelmente, estará que nem um camarão, com o cabelo igual a vassoura de limpar quintal e lógico, com a barriga cheia de frutos do mar.

Churrasco em família: yeah, todo domingo. Pois bem, pode ser a melhor coisa do mundo, ou o castigo que você não queria ter tido. Não posso dar muitos detalhes, mas quem já passou por uma reunião em família, sabe do que eu estou falando.

Roupa: usar all star, usar franja, vestir preto e escutar rock, virou uma coisa muito inconveniente. Alem de todo mundo te chamar de emo, (coisa que você, eu, e sua tia viúva não é) ainda tem que correr dos fanáticos, (de igreja, do demo, dos doidos de cabeça raspada). Tem que escutar os pagodeiros se achando e ainda por cima os posers, te chamando de poser. É realmente algo bem deprimente.

Sonho: pelo amor de deus, não sonhe com o professor, com sua melhor amiga, seu ex, seu cachorro, sua vizinha, ou com o filme que estava passando no corujão. Irão dizer que é algo pervertido, e logo você é a pervertida, safadona da história.

Como eu disse no inicio do texto, o mais legal de tudo é acontecer a ação. Antes você desanimar, ficar sem graça, de saco cheio, do que não ter o que contar ou escrever para seus netos.

Obs: nada de pintar o cabelo de ultima hora. O resultado nem sempre é bom, mas te garanto que você logo se acostuma. Experiência própria.

3° ano.

É, essa vida de aluno no 3° ano não é fácil.
De normal viramos anormais, de vagabundos á super ocupados, de retardados a master nerd! Ou quase isso. \o/.
É, quem quer ser alguém na vida (como eu) deixa de ir ao cinema, ao boteco na esquina, a casa do amigo todo dia, para poder estudar o dia inteiro. Tudo bem que por enquanto, final de semana não conta, mas ficar o dia todo, sentada, prestando atenção e tentando aprender, é duro.
Mil vezes passar a tarde no cursinho, do que na escola. Ninguém merece, idéia de professor e de amigos tentando disputar um lugar na sua cabecinha.
Pois bem, eu ando muito ocupada e preocupada. A vida não ta fácil. As coisas estão se encaixando e mesmo assim, parece que demora um século. E quem foi que disse que seria fácil? Tudo bem, eu sempre espero o mamão com açúcar, mas infelizmente nada é assim.
Minha preocupação tem nome, o mais belo e o mais temido. Vestibular
!

domingo, 26 de julho de 2009

Besta ;D

É, estou aqui hoje para falar sobre alguns estilos de pessoas, especialmente as besta. Antes de você se ofender quando uma pessoa te chamar assim, pense nesse post e respire aliviado, quem sabe você se encaixa em um dos estilos mais tranqüilos. Ou não!


Besta 1: esse tipo de pessoa são aquelas que vivem aéreas, onde a burrice estaciona.Elas geralmente são confundidas com os lerdos. Mais devagar do que uma mula.

Besta 2: atual besta que se acha. Aqueles que se olham no espelho e veem um galã de novela, só que eles não passam do Tiririca.

Besta 3: o famoso Zé ruela, que usa calça social na praia, óculos fundo de garrafa mesmo não precisando, eles são confundidos com os nerds, mas eu aviso, os nerds não se encaixam em categoria nenhuma de bestas. São legais ok! ¬¬’


Besta 4: são aqueles em que falam em pornografia, conversam sobre tudo e geralmente fazem piadinha sem graça que todo mundo ri da infelicidade da piada. Eles não dão a mínima para os outros e sim, eles riem da própria desgraça.

Lembrando que, bestas em geral se relacionam com bestas. Porque entre eles não tem essa de preconceito, cada qual com o seu fardo.

Amigo besta? É aquele que quando você estiver chorando, ele vai te abraçar e te falar o lado bom das coisas. Se seu gatinho morreu, pelo menos ele não vai para o céu.

Colega besta? Aquele que te dar oi todo dia e acha que você dá mô moral pro coitado, lógico que se você desse, ele seria promovido a amigo.

Cachorro besta? o que se parece com o dono.

Bem, chega de coisas sem futuro né, e gostaria de dizer também que ironia é coisa de besta. só quem é dessa espécie reconhece uma pessoa irônica ou vice versa.

Enfim, ser besta é ser feliz. Ou ser feliz é ser besta?!



Reconhece a besta ao lado? \o/ shahshashahsha.




sábado, 25 de julho de 2009

Dias e dias.


Estava eu revirando as fotos antigas e encontrei essa. Nhá, nesse dia estávamos na praia e sim, lá estávamos nós, quase caindo de sono e minha mãe toda feliz. \o/ aê, ela viu o nascer do sol, nós vimos na verdade. E eu digo, foi uma das melhores sensações que eu já senti em toda minha vida.
A brisa do mar, o cheiro salgado, e aquela luz ofuscando as vistas, quebrando a noite mal dormida. É, naquele momento, esqueci do mundo e até ignorei o fato do litoral paranaense ser frio. Estávamos lá, congelando, de madrugada, com sono, com fome, com a glicose baixa, reclamando e escutando os outros reclamarem, mas estávamos felizes. Porque sempre vale a pena.

Falta.

Tenho saudade dos tempos de sol. Da época em que pisava na terra vermelha e corria junto com a garotada. Sinto falta dos segundos atrás, eles poderiam ser melhores. Segurei em mim mesma e agora eu sei a falta que a faz falta.
Sinto falta dos amigos de verdade, da sinceridade e da força de vontade que antigamente tínhamos mais.
Queria tanto abraçar o tempo e segurá-lo em minhas mãos.
Não falta vontade de acreditar que é possível e que estou bem perto de tudo o que eu sempre sonhei.
E quem sabe um dia, eu olhe para a vida que formei, as pessoas que cativei e sinta um alivio, porque mesmo se estiver completa, a abstinência de algo irá aparecer e me alertar que a falta faz parte da minha vida.



E isso não me preocupa.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Infância perdida.




Vim hoje aqui fazer uma comparação cultural. A parti dessa semana, o assunto que mais irá se prolongar em minha vida, será o tema infância perdida.
Assisti dois filmes. Um brasileiro e um estrangeiro. E nossa, a diferença de valores pregados nos filmes, são totalmente diferentes. O brasileiro “Anjos do sol” é um filme que retrata o mercado sexual no Brasil. Mostrando todo o sofrimento, com cenas fortes e a mocinha sempre tomando no c*, literalmente. É de chocar o filme, porque eles poderiam muito bem tratar esse tema de uma forma muito mais sutil, não precisando cair na mesmice do cinema brasileiro, de sexo, drogas e violência, transtornando quem o assiste e não pregando valores nenhum, ou será que uma criança sendo abusada a todo o momento, fazendo a história girar em torno disso. Você acha que conseguem pregar algum valor?
Pois é, outro filme, “quem quer ser um milionário?” mostra a pobreza, as drogas, violência, prostituição. Sendo que os personagens são crianças na maior parte do filme. Nele mostra perfeitamente como uma criança sem estrutura família pode acabar com a infância e abrir caminhos perigosos. Valores? Sim, mostra que mesmo na pior, existe a esperança, um sorriso, uma amizade. E que o meio influencia, só que não é ele que decide o que você será no futuro. Neste filme, não havia cenas excitando a violência e nem muito menos fazendo os da poltrona revirarem o estomago com coisas horríveis, que não deixaram de existir ao longo do filme.

Todos nós sabemos que existe a prostituição, a falta de estrutura familiar, a exploração infantil, enfim, “n” problemas que envolvem uma criança. É importante sim, vermos filmes que nos mostram a realidade. Mas não precisamos colocá-la como troféu. É deprimente.

Então tá, o recado está dado. Quem quiser assisti, ou já assistiu o “Anjos do sol” , vale a pena assisti também “Quem quer ser um milionário?” e criar um contraponto entre os dois filmes. É bem interessante.
Fica a diga!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Luto.

É complicado falar sobre isso, mas está ai. A gripe chegou meu povo, a coisa está preta. Até então, eu não havia me tocado que isso era serio, que era doença só lá dos gringos, que não poderia chegar até nós. Pois é, vou contar a vocês o que está acontecendo e o que temos presenciado a algum tempo. Muitos podem achar que foi pouco, que esse surto de gripe logo passa, porem, ela está ai, e não demonstra nenhum sinal de ir embora.

Há um mês atrás, tivemos a noticia que um professor nosso de química, havia retornado de uma breve viagem da Argentina e até então, estava gripado. Foi colocado em observação e nem deu as caras pelo colégio. Até ai tudo bem, ele descobriu que não era a Gripe A, e logo irá voltar a dar aulas.
Depois de um tempo aliviados e despreocupados, fomos às férias. Domingo agora, saiu em todos os jornais e televisão, um caso que aconteceu em Pinhas, de um homem de 24 anos que chegou mal no hospital e horas depois morreu de Gripe. Com a volta das aulas, ficamos sabendo da noticia, que esse homem que morrera era um funcionário do nosso sistema de ensino. Na hora foi um choque, porque ninguém esperava por isso. Ai eu fui analisar e é, eu conhecia o cara. Era um homem alto, gordinho, polaco e muito, mas muito querido entre todos.
É, eu estou sentindo muito, apesar de não fazer parte do circulo de convívio diário dele. Imagina só a dor que a família dele sentiu, ele tinha uma vida inteira pela frente.

Espero que as autoridades parem de encarar a Gripe como uma fase, uma doença normal. Será que vão esperar morrer mais gente?! Até quando o presidente, o secretário de saúde não tiver pego, tudo ficará na mesma , porque lá no fundo, a massa, o trabalhador, não importa. Então que morram todos! Falcatruas não valem mais do que vidas.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Tempo.


Senhor do nosso destino. Ele se doa a alguns e corre de outros.
Consegue saber de tudo e ao mesmo tempo, não prevê nada. Criamos um circulo de dependência, eu dependo do tempo e ele depende de mim.
Existem aqueles que criticam, dizem que não tiveram experiências, queriam mais vida para si mesmo. Mas enquanto uns se lamentam, o tempo continua a correr, nem ao menos te espera ou volta para te buscar.
Vejo a vida como uma corda bamba, nos balançamos e nos penduramos em um lado.
A linha da minha existência, eu controlo. Sou responsável sobre meus atos e sim, tenho consciência deles. Ando como se tudo fosse acabar amanha, o hoje é o que importa. Passado? Não somos ninguém sem ele. Presente? Ah, o saboreio devagar, para sentir cada segundo. O futuro? Só o amanha pode revelar o que está por vir. Seja bom ou ruim, estarei pronta, porque o tempo não me espera.

Eis a questão.



Pisamos na lua. É, isso ai, ontem fez 40 anos dês de que o homem pisou na lua. E mesmo que todos os de esquerda falem, preguem e invente mil e uma desculpas para derrubar esse feito do homem, ele já aconteceu e está provado. Mas não estou aqui para falar sobre o aniversário de 40 anos do homem na lua, e sim, da morte do Jackson. Sei que esse assunto já está mais do que passado, mastigado, revirado e avacalhado pela mídia, mas eu tenho uma idéia bem clara e lógica sobre a morte do M J.
O cara era maluquinho da cabeça. Sim, ele revolucionou a dança e a musica, só que não podemos negar alguns fatos.
E para mim, o MJ não morreu \o/ aaaaaêêê!
Isso tudo foi um belo e grande golpe de mídia. Os cds, estão sendo vendidos muito mais do que quando o nosso caro amigo era vivo. Com os shows cancelados, (lógico) os fãs preferiram guarda seus ingressos baratinhos, para servi de recordação do ídolo, assim mais dinheiro embolsado para os promotores da turnê. É do conhecimento de todos que o branquelo era devedor de milhões e milhões.
Então, em um surto de inteligência ele decide morrer! E morreu para um monte de gente, menos para mim. hohoho!

Nosso encontro com
Michael Jackson não está longe de acontecer. Quando os americanos chegarem á lua, vão levar um susto com ele, o rei do pop, MJ dançando o Moon Walk para os aliens.
Ou você acha que ele, astro como é, iria morrer antes de pisar na lua?

morreu ou não morreu?! eis a questão.




Deixo aqui minhas duvidas. Só acredito vendo ;)

sábado, 18 de julho de 2009

Sem titulo.


Sabe quando você se sente totalmente sem criatividade? É eu estou me sentindo assim. Na verdade nem sei porque eu levantei da cama hoje, preferia ter ficado lá, estirada, com metade da bunda pra fora do coberto, apenas pensando na vida.
Meu maior problema, é aquele básico de perguntar. Quero respostas a todo instante e claro que não acho nem a metade delas. Não sei porque tenho desanimo pra lavar a louça e conviver com a família. Alias, eu queria saber o porque. Pode ser preguiça talvez, acho que se caísse da cama, eu ficaria no chão, sem forças pra me suspender. Iria até achar confortável e só me levantaria de lá, quando viesse alguém e me levantasse. Sim, estou com preguiça de escrever, preguiça de pensar, de coçar a cabeça, de toma banho, de sair, de comer, de falar...
Enfim, tenho que sair hoje de noite e nem sei com que roupa eu vou. Acho que é melhor eu inventar uma dor de barriga e passa o resto da noite deitada, olhando pro nada. É vai ser legal, pensar na vida é bom.
Quem sabe amanha o meu humor melhora e eu escrevo alguma coisa decente.

Irei voltar pra a cama, de onde eu não deveria ter saído.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Homem perfeito.

Andei pesquisando e perguntando para algumas amigas, o que é o homem perfeito.
Juntando as opiniões, homem perfeito é aquele cavalheiro que abre a porta do carro pra você, aquele que te faz massagem e entende quando você tem dor de cabeça. O que te dá opinião sobre roupa e sim, ele sabe passar maquiagem.
Lavar, passar, esfregar o chão, fazer comida, cuidar das crianças e ainda te levar pra jantar fora depois de um dia corrido.
Homem perfeito tem que ser malhado, músculos definidos, lindo, sensível, carinhoso e super, mais super potente na cama.

O super homem, tem que te paparicar e dizer que te ama sempre que possível. Não pode fugir do batente e claro, tem que ler poesias para você, assim você irá se sentir amada e segura. Ele não pode trocar a novela pelo futebol, nada de cerveja com os amigos e tem que te esperar em casa, preocupado, porque você saiu com a Maria e não deu noticias. Nada de pescaria com os amigos, de churrascos em empresa e lógico, nada de ficar assistindo comercial de cerveja, afinal, nesse tipo de comercial só tem mulher semi pelada.

Infelizmente, pelos meus cálculos, homens com essas características só existem três tipos.
Gays
Casados
E gays casados. \o/


Esqueci de citar os meus amigos. Tenho um monte que possui a metade dessas características e que não são gays e nem casados. Lindos, carinhosos, lavam, passam, cozinham, cuidam das crianças e ainda por cima, me aguentam. Mas pode ir tirando o olho porque pra namorar com amigo meu, tem que ser a mulher perfeita, o que não dificulta muito. Afinal, as mulheres são perfeitas comparadas com os homens.
Aviso: homens de regata branca, ou são gays ou metrosessuais. O que por fim, acaba com um relacionamento, porque olhando pro quarto, você vê aquele cara lindo se olhando no espelho e fazendo posses estilo “eu posso tudo, eu sou o kara, se eu pudesse eu me comia” . Então fiquem alerta, homens + regatas brancas = dor de cabeça generalizada.
Pra não perde o costume, alguns defeitos masculinos:

Roncam de noite, fazem xixi na tampa do vaso, comem de boca aberta, coloca a mão no pipi o tempo todo, não lava a mão depois de ir ao banheiro e pra terminar, não podem ter orgasmos múltiplos. Hahaha homens, morram de inveja. (6)



Grupo de mulheres Guerreiras esperando o homem perfeito!





obs: homens que lerem esse texto, não se irritem, levem essas criticas como construtivas e vejam como o mundo pode ficar melhor, e pensem, vocês terão o troco.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Beijar e beijar.


Bem, vamos falar de uma coisa que quem ainda não fez, vai fazer e vai se viciar. Ta, não é nada pervertido ainda. Estou falando de beijar. Ah o beijo. Existem vários estilos.
O beijo estalinho, aquele que agente geralmente dá com 8, 9 anos de idade.
O beijo de novela, aquele em que a boca é oca, ou melhor, é como se beijar um boneco inflável.
O beijo molhado é aquele que agente quase se afogar, é baba pra cá, baba pra lá. É, existe gente que adora.
Agora vou falar do melhor, aquele que agente beija e parece que está comendo chocolate, se é que você me entende?! Aquele de cinema, em que o mocinho olha pra mocinha e com os olhos diz pra ela “ vem em mim neném” , e a mocinha se derrete inteira. Tem aquelas cenas também, que o beijo é tão potente que da porta de casa o casalzinho aparece do nada no quarto, fazendo você sabe o quê.


Mas vamos falar sério, você sabe quantas bactérias são trocadas em um beijo? Ai vai a resposta: são trocadas 800 bactérias, sendo 400 de cada individuo beijoqueiro. Agora você faça as contas, se você sai pra balada e por lá beija no mínimo 3 pessoas, sendo que cada uma delas beijou 3 pessoas também. Fez as contas... São 7.400 bactérias na sua boca! Se existisse uma camisinha pra língua, eu seria a primeira adepta, \o/ hahahahha *imaginando a camisinha* ui delicia.

Tá, o beijo não é de todo ruim. Ele consegue liberar endorfina, a sensação de leveza e bem estar. Ele desperta o desejo e faz agente pensar que sexo é bom, sexo é bom e sexo é bom. Alem da química o beijo movimenta 29 músculos e se pode queimar cerca de 3 a 12 calorias dependendo da intensidade.

O ato de beijar, é uma demonstração de paixão, de amor, carinho, ou o simples tesão do momento. Mas não podemos negar, que beijar quando se está apaixonada é a melhor coisa do mundo, vemos fogos de artifícios, o mundo ficando rosa, vermelho, sentimos um fogo queimar lá dentro e sentimos toques, que nem ao menos sabemos se é sonho ou real. Úlala.
É, apesar de todos os maus, beijar é bom e eu gosto. Não importa como e nem com quem, o beijo realmente é uma arte.

Beijamos travesseiros, cachorros, espelhos, primos, melhores amigos. E se jogue no poço, quem nunca parou e perguntou “amor, e ai, você gosto?”. Ficamos com um baita ego, ou voltamos a chupar gelo, pra ver se melhoramos. O pior é que não existem regras, tem gosto de todos os tipos, tem gente de tudo quanto é jeito.

Beijoébom, beijoébom, beijoébom, beijoébom, beijoébom, beijoébom, beijoébom!

Sonhando acordada.

É bom sonhar de vez enquanto, e em um desses meus sonhos acordados, resolvi bolar um plano um tanto extravagante, meu plano de fuga.
O plano é o seguinte;
Ganharei na mega sena e sem carrega nada de material comigo, parto para uma cidade do interior do Paraná para capturar uma pessoa qualquer (mentira), alguém sem importância (mentira). Do interior para o exterior.

Próxima parada Holanda.




Psicodélica, liberal, audaciosa. É difícil não cair em tentação. Amsterdã esbanja cultura. Tem ótimos museus e é um verdadeiro festival de arquitetura.








Munique \o/




Cidade que reflete duas grandes paixões do alemão: futebol e cerveja. Lá se produz cerveja de acordo com o preceito de pureza reinheitsgebot .Na cerveja da Paulaner utilizam-se apenas água, lúpulo e malte. Úlala.



Ah, e como eu amo o sol, nada melhor do que o Caribe:








Uma praia de areia fina e branquíssima. Um mar tranqüilo e sem ondas, ou seja: uma piscina, só que de água salgada, sem bordas e freqüentada por peixinhos. As cores da água, são: azul-celeste, azul-bebê, azul-turquesa e verde-água, enfim um infinito de cores.





E como uma boa brasileira, pretendo me casar sobre as águas de Fernando de Noronha:






Com areias douradas, mar em tons de azul turquesa e verde esmeralda, corais, vida marinha esplendorosa, mata, formações rochosas. Aventura e romance de uma só vez.







Depois dessa aventura, já não sei qual o meu destino. Quero ter filhos, morar em uma casa grande com um belo jardim, nele existirá uma ponte para que no final das tardes eu me sente lá e bem acompanhada, olhe o sol se pôr.






É, eu sonho de mais...



quarta-feira, 15 de julho de 2009

Dividir.


Dês de pequenos nos ensinam a dividir nossos bens e nossos sentimentos. Crescemos sobre esse conceito, de que compartilhar é bom, que é humano dar ao próximo, fazer com que ele sinta o mesmo que você.
Porém, eu como uma adolescente um tiquinho egoísta, me peguei pensando, e se eu dividisse tudo o que eu tenho?
Começaria pelas roupas, ah minhas roupas! Minhas camisas de banda e meu amado all star, no pé de outra pessoa. E como as roupas, meus outros bens materiais (computador, mp4, celular e até meu coberto) tudo repartido ao meio.
Para não possuir nada somente meu, eu teria que mostrar e oferecer a todos, as minhas qualidades e lógico, os meus defeitos \o/ talvez eu me sentiria mais leve, mais livre de mim mesma.
Depois de entrega tudo, só me resta uma pessoa sem sentimentos, sem ambições, sem propósitos, enfim, sem nada. Seguiria livre. As minhas tristezas, alegrias, amores, ambições, tudo o que antes era meu, agora é deles também.

É ainda bem que eu não sou assim. Hahahahaha, dividir é bom, só que não podemos ultrapassar a linha do bom senso. Sou egoísta sim e não faço esforço nenhum pra dividir o que de fato é meu.
Mas ta, ainda bem que nem todo mundo pensa como eu (mentira) , porque se fossem todos parecidos comigo, o mundo estaria um caos, cheio de pessoas possessivas e dominadoras. É, bem, eu vou tenta mudar meu jeito egoísta de ser. Posso começar dividindo idéias, dividindo afeto, felicidade. E namorado quem sabe.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Medo.




Eu tenho um medo:

Medo de sentir algo diferente, diferente do meu normal.
De um dia acordar e nada parecer sensato.
De passar uma vida inteira vivendo de ilusões e temores só porque nos ensinam a sermos hipócritas.
De acreditar, confiar e acabar sendo surpreendida.
Do mundo um dia acabar, ou apenas nos sufocar por falta de privacidade.
De pensar que sempre estou certa e não abrir minha mente para novas experiências.
De ser grossa e explosiva quando não tem necessidade.
De estar viva e mesmo assim sentir um vazio imenso.
Medo de não amar mais!

Medo até do próprio medo, porque ele sim pode nos destruir quando bem quiser. O medo não passa de um amigo que criamos para nunca nos sentirmos sozinhos. Ele nos conhece melhor do que ninguém, ele sabe sim, ser variável.


.

Vamos falar de amor.





Sabe quando você sente seu coração bater mais rápido, as mãos tremem , as pernas ficam fracas, fazendo você quase cair. Na verdade, não se pode cair quando se está sentado em uma cadeira de frente ao computador. É, conseguimos nos apaixonar pela Internet.

Aquela pessoa sempre será perfeita; os mesmos gostos, mesma rotina, palavras bonitas, demonstrações de amor via online. E esquecemos que amor de Internet não enche barriga. Pode ser ilusório, a sua amada do outro lado, pode ser um gordinho tarado, um pedófilo ou em ultimo caso, até sua mãe. \o/ Imagina só, você apaixonado pela sua mãe?! hã hã?!

Todo cuidado é pouco. Antes de realmente conhecer a pessoa, dá uma segurada no coração carente e vá fazer carinho no cachorro, pentear macaco... Mas, você se apaixonou, conseguiu fazer esse relacionamento sair do virtual e virar carne e osso, só que aquela pessoa não chega nem aos pés da que estava na sua tela do pc. Não entre em pânico! Vai procurar namorada (a) em outro lugar, porque internet é pior que boate depois das 3 da madruga, nem tudo é o que parece.

Homem musculoso, intelectual, jovem, bonito e rico = Gordinho safado, besta, pedófilo, feio e pobre.

Loira corpo violão, inteligente, sabe cozinhar, carinhosa e adora crianças = Sua mamãe.

fica a dica ;)